Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

Separação do lixo


Cada vez mais os resíduos são e deverão ser vistos não como lixo, mas como recurso.

Assim, a recuperação e reciclagem dos materiais é fundamental para a valorização dos resíduos.


Regras a seguir:

  • Escorra e enxague as embalagens usadas para evitar maus-cheiros;
  • Sempre que possível, espalme as embalagens usadas para reduzir o espaço que ocupam e facilitar o transporte;
  • Retire as rolhas e tampas pois são, normalmente, de material diferente da embalagem.

    Reduzir a quantidade de lixo que cada um de nós produz.

    Reutilizar, escolhendo produtos e embalagens que possam ser utilizadas várias vezes.

    Reciclar alguns componentes do lixo, de preferência se o separarmos na origem.


Plástico

 


Depositar:

Garrafas, garrafões e frascos de:


- água

- sumos e refrigerantes

- vinagre

- detergentes e produtos de higiene

- óleos alimentares


Sacos de plástico

Esferovite

Pacotes de leite e bebidas (ECAL)*

Iogurtes

 

*embalagens de cartão para alimentos líquidos

 

Não depositar:

Embalagens de produtos tóxicos ou perigosos, por ex.: combustíveis e óleo de motor.

 

 

Metal

 



 

Depositar:                                          Não Depositar:

- latas de bebidas                              Electrodomésticos

- latas de conserva                             Pilhas e baterias

- tabuleiros de alumínio                      Objectos que não sejam embalagens, por ex:

- aerossóis vazios                              tachos e panelas, talheres, ferramentas, etc.

- metalizados



Papel e Cartão

 


Depositar:

- embalagens de cartão, por ex.: caixas de cereais; bolachas, etc

- sacos de papel

- papel de embrulho

- jornais e revistas

- papel de escrita

 

Não depositar:

- embalagens de cartão com gordura, por ex.: pacotes de batatas fritas, caixas de pizza

- sacos de cimento

- embalagens de produtos químicos

- papel de alumínio

- papel autocolante

- papel de cozinha, guardanapos e lenços de papel sujos

- toalhetes e fraldas

 

 

Vidro


Depositar:                         Não depositar:

- Garrafas                       - Loiças e cerâmicas (pratos, copos, chávenas, jarras, etc.)
- Garrafões                     - Materiais de construção civil
- Frascos                       - Janelas, vidraças, espelhos, etc.
- Boiões                         - Lâmpadas


 

Pilhas

Depositar:


Pilhas (salinas e alcalinas, de botão, de lítio e recarregáveis) e acumuladores - baterias recarregáveis (baterias de níquel cádmio, níquel metal híbrido e de iões de lítio).


Estas pilhas e acumuladores serão armazenados em condições de segurança e encaminhadas para valorização onde, através de vários processos, se separam e recuperam os diversos materiais que as constituem.


Nota: As pilhas são resíduos perigosos. Uma simples pilha pode contaminar 3000 litros de água!

 



Alguns aspectos negativos das lixeiras

- Contaminação das águas.
- Contaminação dos solos.
- Maus cheiros.

- Provocam incêndios.
- Formação de focos de doenças.

- Problemas paisagisticos.

- Problemas de sobrevivência de alguns seres vivos.



 

Algumas vantagens da Reciclagem:


 


 

- Economiza e reduz a procura de energia;

- Reduz a quantidade de matérias-primas necessárias para o fabrico de novos produtos;

- Reduz a quantidade de resíduos depositados em aterro;

- Protege a biodiversidade;

- Reduz o aquecimento global;

- Reduz a poluição da água;

- Reduz a poluição do ar;

- Reduz a quantidade de resíduos sólidos;

- Reduz a destruição de habitat

 


 

Por um Mundo melhor...

 Pedro Gonçalo C. S. Silva

 

Publicado por simbioseverde às 01:05

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Árvores De Portugal

Conheça Algumas Das Espécies Autóctones Da Floresta Portuguesa

 

 

Amieiro – Alnus glutinosa

Azereiro – Prunus lusitanica

Azinheira – Quercus rotundifolia

Carvalho-Alvarinho – Quercus robur

Carvalho-Anão – Quercus lusitanica

Carvalho-Negral – Quercus pyrenaica

Carvalho-Português (Cerquinho) – Quercus faginea

Castanheiro – Castanea sativa Miller

Choupo-Preto – Populus nigra

Oliveira – Olea europea L.

Pinheiro-Bravo – Pinus pinaster

Pinheiro-Casquinho – Pinus silvestris

Pinheiro-Manso – Pinus pinea

Queijigo – Quercus canariensis

Salgueiro-Branco – Salix alba

Sobreiro Quercus suber

Publicado por simbioseverde às 16:44

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 15 de Dezembro de 2007

A Importância das Plantas

As plantas tem muito mais valor do que normalmente costumamos dar.

As plantas não nos fornecem apenas oxigénio e são bonitas, elas são muito mais do que isso.

As plantas permitem a existência de grande parte dos seres vivos, inclusive nós.

 

 

Vou enumerar algumas das características que fazem das plantas um dos seres vivos mais excepcionais da Terra.

 

 

- As plantas e as algas transformam o Dióxido de Carbono (CO2) em Oxigénio (O2). 

 

- Servem de "filtros" de muitos poluentes .

  A cada ano, estima-se que 1,3 milhões de árvores removam mais de 2.500 toneladas de poluentes do ar.

 

- Reduzem as ondas de calor e fazem sombra (muito bom principalmente naqueles dias mais quentes).

  As árvores e os arbustos refrescam as áreas circundantes através de uma série de mecanismos. As suas folhas reflectem a luz e o calor e proporcionam sombra, enquanto a sua transpiração liberta água para o ar que permite baixar a temperatura.

 

- São o habitat de grande parte dos seres vivos.

 

- São o alimento de muitos seres vivos que nos comemos.

 

- Absorvem grandes quantidades de água das chuvas impedindo cheias.
(Uma árvores adulta pode absorver do solo até 250L de água por dia).

 

- Absorvem grandes quantidades de água das chuvas impedindo o arraste de sais minerais e outras substâncias da terra que permitem o crescimento das plantas e impedindo que o local em si se torne num deserto.

 
- Uma árvore isolada pode transpirar, em média, 400L de água por dia, produzindo um efeito refrescante equivalente a 5 ar - condicionados com capacidade de 2.500 kcal cada, a funcionar 20 horas por dia. Este vapor mistura-se com as partículas de poluição do ar, e quando se acumulam em nuvens, caem em forma de chuva Portanto, as árvores ajudam a retirar poluentes do ar!

 

- Dão-nos frutos e vegetais para comer. As florestas jovens, para poder crescer, libertam muito mais oxigénio do que dióxido de carbono. Isso significa que plantar uma árvore é produzir oxigénio.

- Muitas plantas têm fins medicinais, que muito provavelmente lhe salvaram a sua vida ou a dos seus.

  De acordo com um estudo realizado concluiu-se que cada aumento de 10% de um espaço verde está associado a uma redução de doenças, o que equivale a um aumento de cinco anos da esperança média de vida.

 

- Muitas são boas para fazer aquele chá que nos sabe tão bem

 

- Transmitem alegria com as suas cores

 

- Ajudam a preservar a biodiversidade  

 

- Embelezam os locais onde estiverem

- As árvores formam uma parede que impede a propagação do ruído.

 

- Algumas plantas libertam uma fragrância muito agradável

 

- Algumas plantas afastam insectos indesejados

 

 - Transmitem paz e bem-estar

 

 

Por isso pense muito bem antes de destruir /matar seja que planta ou árvore for.

Pense bem…muito bem…


...

 

 :)

Não seja apenas um homo tecnológicus mas um homo tecnoecológicus.

 

 
 
Publicado por simbioseverde às 16:29

Link do post | Comentar | Ver comentários (22) | Adicionar aos favoritos
|

-Sobre mim

-Pesquisar neste blog

 

-Fevereiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

-Posts

- Separação do lixo

- Árvores De Portugal

- A Importância das Plantas

-Arquivos

- Fevereiro 2016

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

- Agosto 2007

- Julho 2007

- Junho 2007

-Tags

- todas as tags

-Links

-Protect

-GreenPeace

www.greenpeace.pt

-Relógio

-Contador de Visitas

contador gratis
contador gratis

-subscrever feeds